Seja Bem Vindo 2013

Seja Bem Vindo 2013

Desejo a toda nossa equipe, clientes e alunos um 2013 “Quente”.

Quando vou trabalhar algo forte em alguém, costumo brincar de perguntar se a pessoa quer Frio, Morno ou Quente. Sendo que muitas vezes não deixo muita saída.

O Frio não me move, o Morno não conheço, pelo menos ainda não.

Mas o Quente sim, esse me toca a alma.

E como dizia Fernando Pessoa “Quem tem alma não tem calma”.

E sem calma, com pressa de viver o que está vindo, vim mais cedo para começar logo o ano.

Viramos Especialização desde a turma de 2008.

Virei a Clínica para receber 2013. Novas flores, relógios, novas salas, lindas caixas de lenços para acolher as doces lágrimas dos processos de crescer.

Virá em fevereiro a Florianópolis o fundador do instituto Noos – Carlos Zuma.

Fechamos 2012 falando das relações de paz e iniciaremos o ano nos reeducando sobre este tema.

Queremos paz, queremos ação e emoção, queremos relações de respeito, de equidade.

Mas não fomos educados desta forma. Aprendemos a nos submeter e assim que possível submeter alguém.

Sim, infelizmente todos nós.

Todo tempo nos deparamos com a questão das hierarquias: os mais fortes, mais poderosos, mais ricos. Conseqüentemente mais opressão, tensão, violência psicológica, chegando aos índices alarmantes de violência física em nosso desenvolvido contexto social.

Tudo isso é violência. Não podemos disfarçar, tornar invisível, naturalizar.

Violência é quando alguém impõe seu jeito de pensar ao outro.

Com certeza você já foi violento e já sofreu violência.

Com nos diz Carlos Zuma, muitas vezes damos outros nomes a violência. Chamamos de ato educativo, de prova de amor, cuidado, controle, castigo. E desta forma não percebemos a escalada da opressão e perpetuamos o ciclo da violência.

Podemos então nos educar para as relações de paz.

Este é o caminho. Este é um belo propósito para 2013.

Entre nessa campanha!

Faça parte deste movimento pela paz!

Dedicaremos estes primeiros meses do ano para a conscientização e reeducação das nossas atitudes e ideologias, através de reflexões, artigos, vídeos, links, compartilhamentos sobre o tema.

E no dia 23 de fevereiro acontecerá aqui em Florianópolis o encontro com Carlos Zuma, que ministrara o curso. ele foi um dos primeiros no Brasil a levantar a bandeira da prevenção da violência, de voltar o olhar para o trabalho com os homens praticantes de violência, não só com as mulheres vitimas da violência.

Ele estava lá, participando da construção da lei Maria da Penha.

Ele está sempre mobilizando várias frentes nacionais e internacionais pelas relações de paz.

Seu trabalho reconhecido internacionalmente colocou-o como finalista do Prêmio Empreendedor Social, promovido pelo jornal Folha de São Paulo, realizado em seis regiões de todos os continentes.

Um olhar para o outro, e um olhar para si mesmo como pessoa, um ser humano com uma alma imensa, que também não se acalma. Ainda bem.

Quando questionado na Folha de São Paulo (8/1/13) sobre seu sonho de futuro de uma casa no campo, livros ele responde:

“Não sei se conseguiria me acalmar. Provavelmente, eu pensaria em uma maneira de criar um sítio autossustentável, orgânico, um modelo de propriedade rural.”

Esta forma de estar no mundo ressoa no meu mundo interno. Isto toca você?

Movimente esta campanha!

Faça parte do movimento pela paz!

 

“De tanto ser, só tenho alma. E quem tem alma não tem calma”. Fernando Pessoa

 

Telma Lenzi | Janeiro de 2013

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + cinco =

*