A culpa é deles?

A culpa é deles?

Não há trauma, verdades vividas ou ditas duramente por nossos pais, cenas terríveis de infância que não possam passar por uma boa atualização. Passar por nosso processo de diálogo interno e nossa maravilhosa possibilidade de fazer escolhas.

Sim, podemos escolher com quem dialogamos internamente e decidir o itinerário de nossas vidas.

Podemos abrir mão de mágoas e nos reconciliarmos com nossos personagens internos, que um dia podem ter sido criadas pela imagem de nossos pais refletida no mundo externo.

A cada dia, a cada nova situação, alimentamos estas vozes, estes pensamentos, estes personagens. E, no presente, não são mais eles, mas nossas próprias vozes internas.

Somos os autores, diretores e atores de nossas próprias vidas.

A escolha é totalmente nossa!

Quando não acreditamos nisso, estamos nos vitimizando e culpando alguém.

Quem?

Muitas vezes nossos pais. Eles fizeram o melhor que puderam.

E nós?

Estamos dando o nosso melhor?

Podemos criar a paz interna e consequentemente a paz externa através das escolhas do que pensamos, falamos ou agimos.

Somos heróis responsáveis por nossas vidas.

Fica o convite para agirmos como tal.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*